Quais suas características positivas? E quais as negativas? Muitas vezes nos deparamos com questões como essas em uma entrevista de emprego ou outras ocasiões. Ambas podem causar um desconforto inicial, mas é preciso buscar estas respostas no nosso íntimo.

Se você apenas conseguiu pensar nos pontos negativos, já temos o início do progresso. Pensar em suas vulnerabilidades pode ser impulso para muitas melhoras. Apesar disso, confessá-las pode ocasionar desconforto, insegurança e outros sentimentos dependendo da sua realidade atual. Viver essa profundidade requer um passo de coragem, o qual te convido a dar neste momento!

Vale ressaltar que falar sobre nossas fraquezas é também um sinônimo de força. Aqueles que reconhecem onde está a raiz das dificuldades pessoais, possui em mãos a chave para a mudança e crescimento próprio. Quando nos abrimos a verdade de quem somos podemos trabalhar com mais profundidade dois pontos: quem estamos sendo e quem queremos ser.

Reconhecer as vulnerabilidades é saber mais sobre a própria essência. O que te machuca? Quais seus medos? O que te trava?

Seus pontos vulneráveis não estão totalmente ligados a dificuldades pessoais, podem ser relacionados também a situações de bondade ou altruísmo. Por exemplo: sua vulnerabilidade pode estar ligada à sua constante preocupação e doação ao próximo, o que te faz não saber dizer ‘não’ em algumas situações. Isso não deixa de ser louvável, mas uma vez reconhecida, pode ser trabalhada com equilíbrio para não ferir suas conquistas ou te sabotar.

Sendo assim, não tenha medo de pensar sobre suas vulnerabilidades na mesma medida em que ressalta suas virtudes. A pessoa que busca o autoconhecimento, busca consequentemente sua constante evolução pessoal e social.

Podemos então responder as duas perguntas iniciais partindo das nossas vulnerabilidades, elas nos mostrarão quem somos atualmente, quais os pontos positivos e aqueles que podemos equilibrar e melhorar a partir disso.

A vida exige coragem para transformarmos nossas imperfeições.

Com isto, deixo a dica da autora Brené Brown, que trata a respeito da vulnerabilidade e seus impulsos positivos. Ela possui o livro ‘A coragem de ser imperfeito’ e também um novo documentário na Netflix chamado ‘Brené Brown: The Call to Courage’. Tenho certeza que ambos te ajudarão nessa busca da autoimagem e a realização de se encarar, encontrar e impulsionar nos caminhos da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *